LabNalli – Instalando o GLPI no Ubuntu Server 16.04

Guia de comandos para instalar o gerenciador de Help Desk – GLPI no Ubuntu Server 16.04 – Xenial. Os comandos abaixo devem ser digitados após uma instalação padrão do Ubuntu Server, ou seja, sem nenhum pacote extra adicionado durante a instalação (Salvo o OpenSSH). O Passo-a-passo foi feito logo no primeiro login após a instalação.

1 – Definindo senha e habilitando o usuário root no sistema

sudo passwd

Para se logar como root:

su -

Obs: A partir desse momento, todos os comandos estão sendo realizados pelo usuário root, salvo quando proceder aviso para mudar de usuário.

2 – Atualizando o Sistema (a opção -y assume “yes” para as perguntas de confirmação)

apt-get update

apt-get dist-upgrade -y

3 – Instalando o VIM e o CURL (Por padrão já vem instalado, porem, na via das dúvidas, tente instalar)

apt-get install vim curl -y

4 – Reinicie o servidor para que ele rode todos os serviços e aplicativos atualizado

shutdown -r now

Apache

5 – Após reiniciar, instale o apache2 (A opção -y assume “Yes” para perguntas de confirmação na instalação)

apt-get install -y apache2

6 – Vamos editar o arquivo /etc/apache2/apache.conf e adicionar na ultima linha, o parâmetro ServerName colocando o “Nome” (hostname) ou IP de seu servidor para que não ocorra erros futuros. Dica: Caso não saiba o nome de seu servidor ou não esteja vendo, rode o comando hostname antes dessa etapa.

vi /etc/apache2/apache2.conf

No final do Arquivo:

ServerName Nome_ou_IP_do_Servidor

7- Rode o teste do apache e veja se resulta em OK:

apache2ctl configtest

8- Liberando o Apache no Firewall padrão do ubuntu

Listando o pacote de aplicativos disponíveis no firewall

ufw app list

Liberando o acesso das portas 80 do Apache:

ufw allow in "Apache Full"

9 – Teste se o apache esta funcional acessando por um browser.

MySQL

10 – Agora vamos instalar o Servidor de Banco de Dados MySQL

apt-get install -y mysql-server

Nesse momento ele irá solicitar que você defina a senha de root para o Banco de Dados, ou seja, essa senha é diferente do usuário root do sistema.

11 – Testando a conexão com o banco de dados

mysql -u root -p

12 – Criando um Banco de Dados (chamado glpiweb para usar com o GLPI, de o nome que quiser.

mysql> CREATE DATABASE glpiweb;

13 – Criando um usuário para o GLPI e definindo sua senha para acesso, escolha a senha que desejar, nesse caso estou dando a senha glpiteste. Mais informações sobre esse comando você pode encontrar clicando aqui.

mysql> CREATE USER 'glpi'@'localhost' IDENTIFIED BY 'glpiteste';

14 – Dando permissões ao usuário glpi para usar o banco de dados glpiweb:

mysql> GRANT ALL PRIVILEGES ON glpiweb.* TO 'glpi'@'localhost';

15 – Atualizando as permissões:

mysql> FLUSH PRIVILEGES;

PHP

16 – Instalando o PHP e suas dependências necessárias ao GLPI:

apt-get install php libapache2-mod-php php-mysql php-json php-mbstring php-curl php-cli php-gd

17 – Reinicie os serviços do apache para reconhecer os módulos instalados do PHP

systemctl restart apache2

18 – Faça um teste para checar se o PHP esta funcionando, para isso, crie uma página de testes com vi /var/www/html/info.php com o conteudo abaixo:

<?php
phpinfo();
?>

19 – Acesse essa pagina pelo seu browser, ex: 192.168.1.250/info.php

Tudo funcionando? Vamos finalmente ao propósito da postagens, a instalação do GLPI:

GLPI

20 – Baixando os arquivos compactados do site da GLPI, eu costumo baixar em uma pasta temporária, como a /var/tmp

cd /var/tmp

Verifique no site do Projeto GLPI qual a versão mais recente,e então baixe os arquivos

wget -c https://github.com/glpi-project/glpi/releases/download/9.1/glpi-9.1.tar.gz

21 – Descompactando para dentro da pasta /var/www/html

tar xvzf glpi-9.1.tar.gz -C /var/www/html

22 -Alterando as permissões necessárias ao GPLI, principalmente as pastas glpi/config e glpi/files:

Alterando o dono e grupo para o padrão do apache:

chown www-data:www-data -R /var/www/html/glpi

Alterando a permissão das pastas:

chmod 777 /var/www/html/glpi/config /var/www/html/glpi/files

23 – Agora basta acessar pelo seu browser a pasta do GLPI e dar inicio a instalação de forma gráfica e fácil.

Por exemplo: 192.168.1.250/glpi

DICA EXTRA

Caso você se depare com um Aviso na tela de instalação do GLPI informando:

“Acesso as pasta permitido pelo apache, configure seu .htaccess e etc, faça os passos abaixo para resolver isso:

A) Crie um Arquivo de configuração em /etc/apache2/conf-available, nesse caso estou criando um chamado glpi.conf

vim /etc/apache2/conf-available/glpi.conf

Dentro desse Arquivo, vamos colocar os diretorios do GLPI que devem ser “protegidos”, coloque o conteúdo abaixo (Atenção para o caminho da pasta do GLPI).

<Directory /var/www/html/glpi>
       AllowOverride All
</Directory>

<Directory /var/www/html/glpi/config>
       Options -Indexes
</Directory>

<Directory /var/www/html/glpi/files>
       Options -Indexes
</Directory>

B) Habilitando a nova configuração no apache:

a2enconf glpi

C) Reinicie os serviços do apache para aceitar as novas configurações.

service apache2 reload

D) Volte a fazer a instalação pelo browser e não terá mais o aviso.

Observações

Eu sei que é possível facilitar as coisas e usar uma simples linha do apt-get para fazer a instalação, já que o GLPI está disponível em pacote .deb nos repositórios oficiais do Ubuntu. Porem, o intuito é saber fazer cada etapa e entender o processo todo da instalação. Porem, é sim possível fazer assim:

apt-get install -y apache2 mysql-server php libapache2-mod-php php-mysql php-json php-mbstring php-curl php-cli php-gd glpi

Dicas, Sugestões ou Criticas? Deixe um comentário!

Até a próxima.

Anúncios

11 comentários em “LabNalli – Instalando o GLPI no Ubuntu Server 16.04

  1. Ajudou bastante, valeu! Tive que fazer algumas alterações, como voltar para a versão 14.04 do servidor, porque ele tava dando um bug no download do GLPI, também tive que usar a versão php5 pelo mesmo motivo. Talvez ajude alguem que esteja com esses problemas, no mais tudo certo!

  2. Amigo tentei instalar um plugin chamado “Data Injection” porem quando chega na parte de importar o CSV, a tela fica em branco e logo se eu der F5 apresenta a mensagem: “A ação que você requisitou não é permitida.”

    Poderia me ajudar?

    ATT

    Diego de Boni Alves

  3. Segui o passo-a-passo mas está apresentando os seguintes erros:
    Testando a extensão simplexml A extensão simplexml está em falta
    Testando a extensão xml A extensão xml está em falta
    Testando a extensão ldap A extensão ldap não está presente
    Testando a extensão imap A extensão imap não está presente
    Testando a extensão Zend OPcache A extensão Zend OPcache está instalada
    Testando a extensão apcu-bc A extensão apcu-bc não está presente
    Testando a extensão xmlrpc A extensão xmlrpc não está presente

    poderia me ajudar por favor? Sou iniciante em linux

  4. Matheus, Fiz esse tutorial pois estava ajudando um amigo. Preciso relembrar os conceitos de configuração do Zabbix. Como estou saindo da área de T.I falta um pouco de tempo para ir configurando. Mas esta anotada sua sugestão.

  5. Seria interessante um artigo sobre a integração do GLPI com outros programas por exemplo: OCS Inventory, Zabbix, Nagios, etc.
    Caso precise posso ajudar.
    Obs: Este artigo a respeito da instalação do GLPI está perfeito, me ajudou muito !

  6. Boa tarde,
    Muito bom o seu tutorial, parabéns!!!
    Estou tendo problemas com o glpi. Estou tentando instalar a versão 9.1.3 no linux Ubuntu Server 16.04.2 LTS, faço a instalação pelo browser, configuro tudo e quando faço o login o estilo da página fica desconfigurado.
    Quando instalo em uma máquina virtual com os mesmos procedimentos o estilo do glpi funciona normalmente.
    O que pode está ocorrendo?
    Agradeço!

  7. Fico feliz pelo feedback Victor. Confesso que quase deletei essa postagem essa semana para fazer um blog do zero. Atualmente estou migrando de carreira para Contabilidade e ia fazer o blog só voltado a essa nova carreira rsrs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s